Nova Proposta da Direção deve ser Apresentada em Duas Semanas

DSC_0574-1024x
Foto: Carolina Santos

A semana de três a sete de agosto foi definida como data limite para que a Direção do GHC apresente uma proposta para solucionar o impasse em torno ao Acordo Interno dos trabalhadores do GHC. Em reunião realizada nesta quarta-feira, 22 de julho, com representantes dos sindicatos e a ASERGHC com a Direção do GHC – representada pela superintendente, Sandra Fagundes, e os diretores Gilberto Barrichello, José Fossari – o valor do Vale-alimentação e a Ordem de Serviço que regulamenta os horários de utilização do refeitório foram eleitos como pauta prioritária.

A Superintendente do GHC, Sandra Fagundes, encerrou a reunião, que discutiu entre outros temas o ajuste fiscal do governo, se comprometendo a estudar a alteração da Ordem de Serviço 09/2013 que reduziu o horário de funcionamento do Refeitório. Essa medida passou a impedir que o pessoal do turno da tarde tenha acesso ao Refeitório ao final do expediente de trabalho. Sindicatos e ASERGHC querem o retorno ao sistema antigo. Comprometeu-se, ainda, a estudar junto com o Ministério da Saúde, em reunião que deverá ocorrer na próxima semana, em Brasília, a redução de 5% para 1% da contrapartida paga pelos trabalhadores na proposta de acordo do Vale-alimentação rejeitada pelos servidores em assembleia geral. Os sindicatos insistiram ainda no pagamento retroativo, ao que a superintendente assentiu. Quanto ao valor do Vale-alimentação, a superintendente declarou que acha “completamente razoável” e “justo” buscar a equiparação do valor do Vale-alimentação pago aos trabalhadores do Hospital de Clínicas para os trabalhadores do GHC. Disse ainda não ter dúvida sobre os direitos dos servidores.

O Presidente do Sindisaúde-RS, Arlindo Ritter, afirmou que não aceita que os trabalhadores paguem pela crise e exigiu um posicionamento claro da direção do GHC em relação aos cortes do ajuste fiscal do governo para a área. “Vamos aguardar mobilizados uma proposta que respeite os direitos dos trabalhadores” afirmou.

Além do Presidente da ASERGHC, Valmor Guedes, participaram da reunião representantes do Sindicato dos Administradores do Rio Grande do Sul (SINDAERGS), Sindicato dos Enfermeiros do Rio Grande do Sul (SERGS), Sindicato dos Técnicos, Tecnólogos e e Auxiliares de Radiologia Médica do Estado do Rio Grande do Sul (SINDIRADIOLOGIA), Sindicato dos Nutricionistas no Estado do Rio Grande do Sul (SINURGS), Sindicato dos Técnicos de Segurança do Trabalho do Estado do Rio Grande do Sul SINDITEST/RS e o SINDISAÚDE-RS.

No widget added yet.